DESENVOLVER UMA MOTIVAÇÃO “IMPARÁVEL”

Como é que pode desenvolver uma motivação imparável, idêntica à de um fisioculturista profissional?


A Musculação não é nada fácil. Dizer que qualquer pessoa pode ter êxito na musculação, é um verdadeiro mito, porque nem todas as pessoas têm os genes e, mais importante, a motivação para ter sucesso neste tipo de desporto/atividade física.

Não chega ter a “altura ideal” ou “células musculares grandes” para ter sucesso na musculação. Acima de tudo, vai precisar de ter uma motivação e força de vontade revestidas de aço para aguentar o esforço.

Sem esses dois elementos, lamento mas não vai durar muito tempo neste mundo. Eu já vi muitos promissores fisiculturistas, desistirem porque, simplesmente não encontraram ou deixaram de ter a motivação e garra para continuarem o seu percurso.

Quando um fisiculturista em ascensão e de elevado de potencial, desiste do halterofilismo, sentimos que é uma perda para o mundo do bodybuilding em geral. Porquê? Porque este é um mundo onde não entra muita gente, em primeiro lugar.

O mundo do culturismo moderno só vai progredir e evoluir se cada geração estiver interessada em investir uma enorme quantidade de recursos pessoais nele.

Então, se você precisa de motivação ou se precisa de uma razão para permanecer como um fisiculturista, aqui estão algumas chaves que valem a pena registar:

  1. Musculação é saudável – Vivemos num mundo cada vez mais sedentário. A vida moderna tem ensinado ao Mundo que é preferível ficar em casa do que levantar e fazer exercício. Tudo o que nos rodeia é feito para minimizar o nosso esforço físico tornando-nos cada vez menos activos. A implicação disto é ver a multiplicação de certas doenças pelo mundo.

Felizmente a Organização Mundial de Saúde há muito que vem a afirmar que o exercício físico regular é a chave para combater as doenças. O Síndrome metabólico, que é o precursor de colesterol elevado, elevados níveis de glicose no sangue e pressão arterial elevada, podem ser corrigidos através da prática de exercício regular.

Que tal apenas medicação para a pressão arterial, etc?

Sim, existem medicamentos para certas doenças. Mas na maioria dos casos, a principal causa destas doenças mais comuns, é o estilo de vida de uma pessoa. As pessoas estão a morrer porque não se exercitam.

As doenças cardíacas têm vindo a aumentar desde o final dos anos setenta. O levantamento de peso e o treino da resistência, no geral foram provados ser muito benéficos aos indivíduos que necessitam de fortalecer o seu sistema cardiovascular.

Treino de resistência não apenas mantém o seu ritmo cardíaco como também dilata os vasos sanguíneos e incentiva o desenvolvimento de mais artérias e veias no seu corpo.

  1. Disciplina – se você acha incrível que alguns fisioculturistas tenham bíceps com cerca de 70cm, ficaria ainda mais espantado com o nível de disciplina que esses atletas têm para serem capazes de alcançar bíceps desse tamanho.

A musculação exige uma extrema disciplina, física e mental. Esta disciplina geralmente estende-se a todos os aspectos da vida de um fisiculturista, desde a forma como ele cuida da sua família, até a forma como lida com o seu trabalho.

Desde que você se concentre especificamente no Fisioculturismo, se esforce ao máximo para alcançar resultados e esteja constantemente a instigar os seus limites, garanto que nesse percurso, vai desenvolver uma disciplina de aço, digna dos fisioculturistas profissionais – vai adorar a forma como a sua visão vai mudar, assim como a sua vida!!!

  1. O Fisioculturismo vai torná-lo competitivo – fisiculturistas profissionais são conhecidos por serem muito calmos e discretos no que toca aos seus regimes de treino. Apesar da aparente humildade de muitos fisioculturistas profissionais, a maioria deles são extremamente competitivos, vivendo e respirando musculação, dia após dia.

Novamente, esta mudança essencial na mentalidade de um fisiculturista pode ser benéfica para qualquer um. Ser competitivo é uma coisa boa! A competitividade também torna possível às pessoas, sair das suas zonas de conforto muito mais facilmente.

A competitividade também ajuda a desenvolver um pensamento mais positivo.

A maioria dos fisiculturistas vivencia o sentimento de derrota de uma forma ou de outra. E acha que eles se deixam vencer por esse sentimento de fracasso? A maioria nunca pára de tentar!! De cada vez que você insistir em treinar repetidamente padrões de exigência mais elevados, vai ver que se vai tornar cada vez mais resistente em desistir ou ceder ao sentimento de fracasso.

Os verdadeiros fisioculturistas não desistem, melhoram com o tempo!

Claro que existirão sempre campeões que vieram antes de nós, mas isso não significa que a geração mais recente não tenha o que é preciso para alcançar o mesmo. Mais cedo ou mais tarde, essa “elite de campeões” vai reformar-se (muitos já o fizeram), e de modo a que este seja um ciclo com continuidade, é necessário o surgimento constante de “sangue novo”.

Não pense por um minuto que não terá um lugar no fisioculturismo. O seu lugar já foi garantido a partir do momento que tomou a decisão de se comprometer com este desporto! Por isso, não perca a esperança e vá para o ginásio treinar com toda a garra que tem dentro de si!!

 

Comentários

© 2016 Nuno Carvalho Fitness | Afiliados | Privacidade

Pin It on Pinterest

Share This

Descubra o caminho
para uma vida saudável

Insira o seu email abaixo e comece hoje mesmo a mudar a sua vida!

Receba Estes 4 eBooks Grátis no seu email!

Subscreva a newsletter e receba de forma completamente gratuita:

=> Suplementação Simplificada

=> Os principais erros da Musculação e Fitness

=> Como definir abdominais rapidamente

=> 15 Receitas para Transformar o seu Corpo

redirect=/agradecimento