GENES & MUSCULAÇÃO, PARTE 1

Como é que o seu ADN pode afetar o seu desempenho como fisioculturista?

O seu ADN é definitivamente um fator importante quando se trata de determinar o seu desempenho natural e os resultados que vai obter com exercícios específicos. É claro que não podemos fazer nada com os próprios genes.

O que podemos fazer é trabalhar com os seus genes para que possa maximizar os seus resultados.

Pessoalmente, tenho visto “nascerem” fisioculturistas que lhes basta simplesmente de “cheirar” alguns halteres para melhorarem a sua forma e aumentares a massa dos seus bíceps e tríceps. Mas, ainda assim, o seu corpo vai permitir esse desenvolvimento até um determinado limite.

Se eles quiserem ter mais massa e peito mais definido, terão de treinar necessariamente duas vezes ou três vezes com mais esforço. Por outro lado, há fisioculturistas que necessitam de fazer grandes esforços para tornar os seus peitos maiores, mas depois, não importa o quão duro treinem, só conseguem obter pequenos ganhos no que diz respeito a tornar os seus quadris maiores.

O que pode fazer relativamente às suas fraquezas naturais?

Cada fisioculturista tem as suas próprias fraquezas. Uma vez que tenha identificado a sua limitação atual, depende de si treinar arduamente para que possa ultrapassar e resolver essas fraquezas, tornando-as pontos fortes.

É sempre possível melhorar o seu desempenho independentemente da sua fraqueza natural. Pode ter a certeza de que mesmo o Sr Olympia Ronnie Coleman tem o seu próprio segredo, fraquezas que ele foi capaz de superar através de muitos anos de treino rigoroso e cuidados de nutrição.

Etnia/raça desempenham um papel importante na determinação do sucesso de um fisioculturista?

A resposta simples a esta pergunta é não! Raça ou etnia não tem realmente um impacto na capacidade das fisioculturistas em atingir as metas e cumprir objetivos específicos. O trabalho árduo será sempre superior à genética. É por isso que o Sr Olympia fazia-se sempre rodear por uma variedade de fisioculturistas profissionais com diferentes etnias.

Há sempre estrelas a reinar em todos os setores da indústria e é compreensível porque é que o Sr Olimpia tende a ganhar as mesmas competições novamente e novamente. Trabalha muito, talvez mais do que os outros e o seu trabalho árduo é naturalmente compensado pelo que o seu ADN lhe fornece.

Pense no seu ADN como uma caixa de tesouro secreta na musculação. Em determinadas alturas da sua evolução enquanto fisioculturista, o seu ADN vai fornecer-lhe determinadas “ajudas naturais” que irão ajudar a ganhar algumas vantagens perante outros atletas. Evidentemente, esses “impulsos naturais” só pode levá-lo longe. No entanto, isso vai apenas permitir-lhe alguma evolução mas, vai ter que continuar a treinar forte, de forma mais rigorosa e cientifica, se quiser evoluir ao longo do tempo

Quem é/o que é, um “homem natural”?

Alguns fisioculturistas como Lee Priest são chamados de “homens naturais” na musculação, porque foram capazes de ganhar “enormes armas” e impressionantes antes de chegarem aos seus vintes.

Lee Priest não é muito ativo atualmente na cena do Sr Olympia, não tendo também muitos patrocínios desportivos, derivado a algumas atitudes pouco ortodoxas, no entanto, as revistas de Bodybuilding ainda o consideram um fisioculturista de grande respeitabilidade porque o seu empenho na sua formação e os resultados que obteve, são.

O que é que a massa óssea tem a ver com a massa muscular?

Tecnicamente falando, os nossos músculos só podem crescer até um certo ponto mesmo com o uso de suplementos e hormonas. A partir de um certo ponto, teria de ser muito diligente no desenvolvimento de certos grupos musculares porque eles parecem parar de ganhar massa, mesmo que esteja ainda a treinar como um louco.

De uma forma muito realística, se olhar para alguém de estatura óssea bastante grande, verá que provavelmente terá mais massa muscular do que alguém com metade do seu tamanho..

A altura e o tamanho dos ossos são determinantes para o futuro crescimento dos músculos.

Se procurar referências sobre o tamanho ósseo e o crescimento do músculo, note que muitas dessas listas são efetivamente para adultos fisioculturistas. Por isso, se você tem menos de 20 anos, essas listas não se aplicam porque ainda está em fase de crescimento.

Os jovens fisioculturistas (alguns jovens de quinze anos de idade) estão tornar-se cada vez mais e mais comuns mas,  enquanto eles forem capazes de garantir a sua segurança enquanto treinam, não deverão ter quaisquer problemas.

No entanto, deve ser tido em conta, que os adolescentes que ainda não estão fisicamente maduros, se a musculação não for executada adequadamente o risco de lesão também aumenta.

Comentários

© 2016 Nuno Carvalho Fitness | Afiliados | Privacidade

Pin It on Pinterest

Share This

Descubra o caminho
para uma vida saudável

Insira o seu email abaixo e comece hoje mesmo a mudar a sua vida!

Receba Estes 4 eBooks Grátis no seu email!

Subscreva a newsletter e receba de forma completamente gratuita:

=> Suplementação Simplificada

=> Os principais erros da Musculação e Fitness

=> Como definir abdominais rapidamente

=> 15 Receitas para Transformar o seu Corpo

redirect=/agradecimento